“Originalmente, a casa era caracterizada pelo longo corredor que a atravessava”, explicam os arquitetos. Eliminaram metade do corredor original e abriram o espaço, ajustando a planta da casa para uma melhor visualização! A madeira no teto forma uma cruz, dividindo os cômodos, ainda num conceito aberto.


Da rua há um acesso direto a sala de estar, a sala de jantar e a cozinha. A peça de madeira do teto possui uma escada que liga a sala de estar ao andar superior. O buraco abaixo é usado como banco e base improvisados ​​para a televisão!

O lado oposto foi reservado para a sala de jantar e a cozinha, com os armários pendurados em uma das partes menores da cruz!

A ala perpendicular, que corre ao longo do corredor, abriga o armário principal e as prateleiras. As portas de entrada da sala secundária e o escritório foram projetados escondidos nesta grande mobília. Na frente deles, o banheiro ocupa o espaço originalmente reservado para a sala de armazenamento.

Os arquitetos optaram por uma paleta reduzida de cores e materiais. Pranchas de madeira cinza para a sala, corredor, quarto e banheiro; e cinza puro na cozinha e no resto da casa. Alguns detalhes em azul foram postos nas paredes mais importantes.

Nesta reforma, a mobília é feita e fabricada artesanalmente, em carvalho natural e painéis de madeira!

Fonte: Gosplan | Fotografia: Anna Positano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram has returned invalid data.

Siga no Instagram :)

0

Your Cart