O encantador vale de Dolomitas, no norte da Itália, é o local da sexta Bienal Gherdeina, um festival que tem como tema “escrever as montanhas”. O arquiteto Jiri Prihoda foi convidado a participar do projeto para montar um “recanto de poesia”. Juntamente com suas qualidades arquitetônicas e esculturais, elaborou um pavilhão aberto que serve como um local para leituras de poesias no famoso vale das incríveis montanhas!


O pavilhão, por assim dizer, intitulado “Barril de Diogene”, é uma homenagem ao filósofo grego Diogenes. Foi construído com madeira de origem local, e de noite, a única luz é a placa de luz que reveste o teto. A vista desse espaço é a linda montanha que o vale oferece!

Esse projeto é aberto ao público e é um lugar para divertimento, e claro, ler algumas poesias e se deslumbrar com a vista das montanhas! É lindo e inspirador!

Confira mais fotos:

Fonte: Jiri Prihoda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram has returned invalid data.

Siga no Instagram :)

0

Your Cart